Escolas portuguesas premiadas pelo desenvolvimento de projetos de eficiência energética

IMG_20170623_113026

Já foram divulgados os vencedores dos projetos educativos GALP que desafiaram, durante o ano letivo de 2016/2017, crianças e jovens, dos 6 aos 15 anos, a criarem e desenvolverem ações para promover uma maior eficiência no consumo de energia, nas escolas e em casa.

Com o objetivo de promover, nos mais novos, uma maior consciencialização para a proteção dos recursos energéticos do planeta, os projetos educativos da Galp adotam como temas centrais as fontes de energia, mobilidade sustentável, pegada energética e profissões ligadas à energia. Embora com objetivos comuns – contribuir para a adoção de comportamentos de consumo mais eficientes da energia, na escola e em casa – as iniciativas são distintas, adaptadas às diferentes idades.

Na sua 7.ª edição, o projeto Missão UP| Unidos Pelo Planeta alcançou 1036 escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico e impactou mais de 10 mil alunos entre os 6 e os 10 anos. Foram ainda realizadas 403 visitas às escolas para dinamizar as Aulas de Energia, especialmente criadas para este projeto, e 5 visitas lúdico-pedagógicas, com visita das mascotes do programa e dinamização de um jogo sobre mobilidade sustentável, para as primeiras escolas a completar as missões.

A Escola Básica 1º Ciclo do Viso, na Figueira da Foz, a Escola Básica 1º Ciclo/JI Carquejido, em Aveiro, e a Escola Básica 1º Ciclo Ouressa, em Sintra, foram as grandes vencedoras desta edição da Missão UP.

A Missão POWER UP – que se dirige a alunos mais velhos, com idades entre os 10 e os 15 anos, também apurou três vencedores, a Escola Básica e Secundária Pedro Álvares Cabral, em Belmonte, a Escola Professor Galopim de Carvalho, em Sintra e a Escola Básica e Secundária de Miranda do Douro, em Bragança.

A Missão POWER UP, que conta já com três edições e se dirige às escolas do 2º e 3º Ciclo do Ensino Básico de Portugal Continental e Ilhas, visitou 105 escolas no presente ano letivo e impactou 3.715 alunos.